Projeto reconhece São Januário como de interesse histórico, cultural, desportivo e social para o Rio

Em tempos de arenas elitizadas e assépticas, nosso mandato e o do vereador Renato Cinco apresentou hoje um projeto de lei que reconhece o estádio de São Januário, casa do Vasco da Gama, como de interesse histórico, cultural, desportivo e social para o município.

O estádio, erguido em 1927 a partir de uma histórica campanha de arrecadação, é símbolo da luta contra o racismo no esporte e exemplo de equipamento de lazer no subúrbio carioca. Sua construção foi uma resposta a exigências de dirigentes da época que, para mascarar motivações elitistas e racistas, alegaram a falta de estádio do clube como forma de pleitear sua exclusão do campeonato carioca – o Vasco tinha sido campeão de 23 com uma equipe formada por atletas negros e humildes que derrotara grandes times formados por jovens de famílias ricas da cidade.

A inciativa é importante para o reconhecimento e zelo da história do estádio, parte importante das lutas da cidade.

Veja Também