Tarcísio Motta é eleito presidente da CPI das Enchentes

Pela primeira vez, o PSOL irá assumir a presidência e a relatoria de uma CPI na Câmara dos Vereadores do Rio de Janeiro. Na reunião de instalação da CPI das enchentes, que ocorreu hoje, quinta (21/3), às 12h, Tarcísio Motta foi eleito presidente e Renato Cinco, relator da comissão. Motta apresentou uma proposta de plano de trabalho que será discutida na próxima reunião, marcada para o próximo dia 28. Durante o encontro, os titulares presentes concordaram em convidar a professora Ana Luiza Coelho Netto, do Instituto de Geociências da Universidade Federal do Rio de Janeiro (Igeo/UFRJ) e coordenadora do Laboratório de Geo-Hidroecologia.

“As chuvas fortes estão cada vez mais constantes. Se o governo não se preparar para isso, vamos ter cada vez mais desastres. As mortes decorrentes das chuvas não acontecem onde chove mais, e sim nos lugares mais pobres, onde não há infraestrutura. A CPI quer, ao mesmo tempo, apurar responsabilidades e propor ações. Precisamos de políticas públicas para garantir a vida das pessoas”, diz Tarcísio Motta.

Além de Motta e Cinco, compõem a CPI os vereadores Rosa Fernandes (MDB), Tiãozinho do Jacaré (PRB), Marcelo Arar (PTB). Na suplência, estão Teresa Bergher (PSDB) e Major Elitusalem (PSC).