Posts

Impeachment de Crivella: confira a linha do tempo do toma-lá, dá-cá do prefeito

Depois de quase três meses, é chegada a hora de votar o impeachment de Marcelo Crivella. Se durante esse tempo o prefeito se viu encurralado pela instauração de várias CPIs, o processo chega ao final dando sinais claros de que Crivella conseguiu apoio suficiente na Câmara para se livrar da cassação em 2019.

Para quem foi eleito prometendo cuidar das pessoas, Crivella usou as ferramentas da velha política para salvar o próprio pescoço. Em um ano, perdeu e recuperou sua base pelo toma-lá, dá-cá de cargos e até criou secretarias para não sofrer esse impeachment.

Fonte de 1 a 14, 16, 18 e 19 : Jornal Extra
Fonte 15 e 17: O Globo

Tarcísio Motta é eleito presidente da CPI das Enchentes

Pela primeira vez, o PSOL irá assumir a presidência e a relatoria de uma CPI na Câmara dos Vereadores do Rio de Janeiro. Na reunião de instalação da CPI das enchentes, que ocorreu hoje, quinta (21/3), às 12h, Tarcísio Motta foi eleito presidente e Renato Cinco, relator da comissão.

Atuação em 2018 – Mandato Coletivo Tarcísio Motta

O LEGADO DE MARIELLE; PLANO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO; CPI DOS ÔNIBUS, IMPEACHMENT DE CRIVELLA E APROVAÇÃO DE LEIS IMPORTANTES PARA A CIDADE.

Orçamento 2019: conquistas na educação e na saúde e diminuição do remanejamento de recursos

Nosso mandato e a bancada do PSOL Carioca nos esforçamos para atender aos anseios das diversas categorias e aplicamos emendas ao orçamento que tinham como objetivo reparar os cortes e deficiências do projeto enviado pelo poder executivo à Câmara.

Saúde no Rio de Janeiro: Enxugando as pessoas e cuidando da máquina

Crivella, seguindo a orientação de Messina, decidiu cortar mais verbas da saúde. O governo chama de reestruturação, mas na verdade significa demissões em massa de cerca de 1400 profissionais distribuídos em 189 equipes de saúde da família, resultando em 1,2 milhões de pessoas perdendo a cobertura da atenção primária.